Cosampa

Paraenses tentam sobreviver sem saneamento em meio à maior crise do século na saúde

A maior crise do século na saúde já fez mais de 4,1 mil mortos no Pará. Até 14 de junho, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde, o número de casos confirmados de covid-19 passava de 69 mil. Além da falta de leitos e de unidades hospitalares estarem operando em capacidade máxima, o estado tem mais um adversário na luta contra o coronavírus: o acesso deficiente a serviços de saneamento.