Para evitar colapso na saúde, Prefeitura atende recomendação e adota lockdown

No último domingo (4), a Prefeitura Municipal de Bragança publicou um ofício anunciando a adoção de lockdown na cidade. A medida antende uma recomendação do Ministério Público do Pará (MPPA) e da Defensoria Pública do Estado, emitida no último sábado, dia 3.

A recomendação considerou o sistema de bandeiramento, que categoriza Bragança como bandeira preta, os altos indices de contaminação e mortes por covid-19 na cidade, além da taxa de ocupação dos leitos de UTI, que está atualmente com 97% das vagas sendo utilizadas. 

O prefeito da cidade, Raimundo Nonato de Oliveira, informou no ofício que a prefeitura, junto a Secretaria Municipal de Saúde, já vem realizando diversas ações para conter o avanço da pandemia no município, acompanhando diariamente o número de casos registrados  e a taxa de ocupação dos leitos.

Dentre as medidas implementadas pela prefeitura, seguindo a recomendação, estão a suspensão de todas as atividades não essenciais, a divulgação e orientação das medidas restritivas à população e a adoção de penalidades caso as medidas de distanciamento sejam desobedecidas.

O MPPA recomenda também a adoção de estratégias adequadas para continuidade e ampliação da campanha de vacinação contra Covid-19 durante esse período. Assinam o documento os Promores de Justiça João Batista de Araujo Cavaleiro de Macêdo Junior, Bruna Rebeca Paiva de Moraes e Francisco Simeão de Almeida Júnior.

Fonte: MPE