Acusado de tentativa de homicídio é condenado a 19 anos de reclusão

Por maioria dos votos dos jurados da 2ª Vara, sob a presidência do juiz Raimundo Moisés Alves Flexa, o réu Elvis Fernandes da Silva, 25 anos, técnico em manutenção de rede, foi condenado por tentativa de homicídio contra Wellington dos Santos Silva, 22 anos, ajudante de pedreiro, sendo-lhe aplicada a pena de 19 anos e 04 meses, que será cumprido em regime inicial fechado.

A decisão acolheu a acusação sustentada pelo promotor do júri José Rui de Almeida Barbosa, em desfavor do réu de ser autor de homicídio tentado. A defesa do réu, promovida pelo advogado Antonio Murruaz da Silva, sustentou a tese única de excludente de ilicitude de ter o réu agido em legitima defesa própria.

Nenhuma testemunha do processo compareceu ao júri, todas moradoras de Itupiranga onde o crime ocorreu. Somente o réu prestou declarações e confessou o crime alegando ter efetuado disparos de arma de fogo contra vítima, para se proteger de suposta facada. O réu alegou que a vitima tentou lhe atingir com uma faca, quando entrou na lanchonete, e precisou efetuar os disparos. O acusado alegou que andava armado para se porteger por ser ameaçado pelos infratores do municipio.

O crime.

A acusação relata que a vítima estava em uma lanchonete por volta das 12h do dia 18/10/2016, quando foi surpreendida pelo acusado que efetuou disparos atingindo o ombro da vítima, Na tentativa de desarmar o réu a vítima agarrou a arma ocasião em que foi  ferida novamente, desta vez nas mãos.

Além da tentativa de homicídio, Elvis Fernandes responde por mais três homicídios em coautoria com outras pessoas, todos ocorridos em Itupiranga distante cerca de 600k da capital do Estado, que estão na fase de instrução do processo.

Entre as vítimas que o réu é acusado de homicidio esstá o conselheiro tutelar Rondinele Maracaipe, crime cometido em janeiro 2018, A sessão do júri que o acusado será submetido trata-se de homicido perpetrado contra  Ivanilson Santos Pontes, que vai ocorrer, nesta quinta-feira, 13, pelo 2o tribunal do júri de Belém..