Polícia Civil do Pará prende envolvidos em estelionato praticados por meio de site em Belém

A Polícia Civil prendeu, duas pessoas em flagrante por crime de estelionato praticado por meio virtual, em Belém. As prisões foram realizadas por policiais civis da Divisão de Prevenção e Repressão a Crimes Tecnológicos (DPRCT). Os presos são Weslen Madson Costa Franco e Angélica da Costa Cunha. Eles são acusados de participar de uma associação criminosa responsável em aplicar golpes em vítimas na capital paraense.

Durante as investigações, explica a delegada Juliana Cavalcante, da DPRCT, foram identificadas cinco vítimas, entre elas, um advogado que teve dados pessoais utilizados para cometer os crimes. A ação criminosa ficou estimada em um prejuízo de 20 mil reais, além de objetos de vítimas.

Além da dupla criminosa, uma terceira pessoa, de fora do Estado, foi identificada como participante do esquema. Segundo a delegada, após investigações, foi descoberto que os criminosos eram especialistas na compra e venda de jóias por meio do site de anúncios OLX.

"Eles praticavam o crime utilizando-se falsamente da identidade de um advogado, atuante nesta na capital. Através da montagem de comprovantes de depósitos falsificados, simulavam os depósitos das compras dos produtos anunciados pelas vítimas, que posteriormente, eram revendidas a receptadores na grande Belém”, finaliza. (Polícia Civil)